0
People

Do Mundo das Artes: Yayoi Kusama

Difícil trabalhar com Moda e não apreciar as referências de Yayoi Kusama. Artista declaradamente apaixonada por seu trabalho, Kusama já chegou a declarar que prefere trabalhar numa cadeira de rodas (diretamente de um hospital psiquiátrico) a dividir suas funções profissionais com assistentes.

Do Mundo das Artes: Yayoi Kusama

PEOPLE. Difícil trabalhar com Moda e não apreciar as referências de Yayoi Kusama. Artista declaradamente apaixonada por seu trabalho, Kusama já chegou a declarar que prefere trabalhar numa cadeira de rodas (diretamente de um hospital psiquiátrico) a dividir suas funções profissionais com assistentes. Os recém-completados 91 anos não a fizeram diminuir o ritmo de impressão de seus pontos coloridos. A repetição das formas arredondadas, inclusive, é sua marca registrada e constantemente inspira designers a colorirem suas estampas ou estamparem suas coleções. A origem da assinatura de seu trabalho, no entanto, não ostenta beleza, apesar de torná-la ainda mais admirável: aos 27 anos, Yayoi somou à já determinada esquizofrenia um diagnóstico de TOC que a fez desenvolver uma obsessão por bolas e pontos. O que poderia vir a ser um problema grave logo se tornou um refúgio para a artista que declara da maneira mais genuína: “se não fosse a Arte, eu já teria me matado”. No Brasil, a obra “Narcissus garden Inhotim” (2009) pode ser vista no Centro Cultura Inhotim, em Minas Gerais. Por Mariana de Castro

Foto: Reprodução The National Museum of Art, Osaka

dossierartsandfashion

About dossierartsandfashion

ESCOLA/ATELIER DE MODA, BELEZA, ARTE, BEM-ESTAR E GESTÃO

Deixe uma resposta

dossierartsandfashion copyright® 2020

%d blogueiros gostam disto: