0
People

Apresentando Amir Slama à Dossier

O estilista Amir Slama cogitou deixar a Moda após sua saída da Rosa Chá, marca que fundou no começo da década de 90. Felizmente, a C&A o convidou para assinar uma pequena coleção, que logo se multiplicou. “Comecei a me sentir ligado à indústria de novo”, ele conta. Assim, nasceu a própria “Amir Slama”. Para repensar a Moda e trazer uma proposta prática para o “novo luxo”, o designer está recriando seu legado no mercado brasileiro.

Apresentando Amir Slama à Dossier

PEOPLE. O estilista Amir Slama cogitou deixar a Moda após sua saída da Rosa Chá, marca que fundou no começo da década de 90. Felizmente, a C&A o convidou para assinar uma pequena coleção, que logo se multiplicou. “Comecei a me sentir ligado à indústria de novo”, ele conta. Assim, nasceu a própria “Amir Slama”. Para repensar a Moda e trazer uma proposta prática para o “novo luxo”, o designer está recriando seu legado no mercado brasileiro: fechou seu espaço na Oscar Freire e reabriu nos Jardins, onde manterá sua loja e o próprio ateliê. “O estar junto e fazer algo especial é fundamental. Nossas coleções são mais permanentes, quase sem promoção, diferentes do mercado. Nós agregamos novas peças, não tiramos as anteriores”, acrescenta. Formado em História, Amir caiu na Moda de paraquedas como ele próprio conta. E, a partir de sua visão mais acadêmica, ele irá compartilhar toda a sua experiência profissional no novo curso da Dossier, “Moda Praia”. “A proposta é entrar nesse universo e entender a construção de uma coleção e de uma marca, a História da Moda Praia brasileira e mundial. Dominar foto, desfile, catálogo, tudo!”. Para saber mais, as informações a respeito dos cursos estão disponíveis no nosso site (www.dossierartsandfashion.com). Por Mariana de Castro

Foto: Felipe Censi

dossierartsandfashion

About dossierartsandfashion

Deixe uma resposta

dossierartsandfashion copyright® 2020

%d blogueiros gostam disto: